Notícias - Educação / Publicado em 13/07/2017 às 16:09

Alegria para crianças e a tranqüilidade para os pais

No período oposto ao de aula alunos desenvolvem atividades saudáveis que contribuem com seu desenvolvimento pessoal

Por Diego Leonhardt

No período oposto ao de aula alunos desenvolvem atividades saudáveis que contribuem com seu desenvolvimento pessoal, além de terem o cuidado de uma professora. O Programa Vida Feliz atende a demanda de vários pais que não tinham onde deixar seus filhos enquanto trabalham. O projeto é desenvolvido pela Secretaria da Educação em parceria com a Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria Saturnina Ruschel.

O programa Vida Feliz iniciou no mês de março e tem o objetivo de atender alunos de 6 a 9 anos, ofertando atividades extracurriculares voltadas ao esporte, recreação, lazer e música. A iniciativa também oferece apoio pedagógico, como forma de contribuir para que o aluno atinja os objetivos desenvolvidos em sala de aula. Atualmente, o projeto atende 28 crianças no contra turno da aula.

 

O aluno Gustavo Henrique comentou que gosta de usar os brinquedos para se exercitar. ‘Enquanto meus pais estão trabalhando eu estou aqui na escola, aprendendo várias matérias e o que eu gosto mesmo é de brincar no Trépa-Trépa, por que eu me exercito brincando’, contou Gustavo. 

Alegria para crianças e a tranqüilidade para os pais
Alegria para crianças e a tranqüilidade para os pais

Além das atividades os alunos recebem lanche e almoço, diariamente, cujos ingredientes são fornecidos pelo Município para que sejam preparados pelos funcionários da escola. A sala onde acontecem as aulas foi cedida pela rede estadual de ensino, por meio de um Termo de Cessão de uso.    

     

As aulas são ministradas pela auxiliar de ensino Justine Festner, que é efetiva do quadro de servidores municipais. Ela conta que, além das atividades em sala de aula, os alunos têm momentos de recreação. ‘A cada 15 dias eu programo um passeio no Parque Municipal, para eles fazerem atividades físicas, brincar na pracinha, pois é uma atividade diferenciada, e eles adoram ir lá’, destaca Justine.

description

Notícias

Mais notícias