Rodar o site até o rodapé

Notícias - Desenvolvimento Econômico / Publicado em 04/02/2020 às 06:54

Licitação para compra de lotes do Distrito Industrial ocorrerá no dia 18 de fevereiro

Por Simone Ludwig

Licitação para compra de lotes do Distrito Industrial ocorrerá no dia 18 de fevereiro
Licitação para compra de lotes do Distrito Industrial ocorrerá no dia 18 de fevereiro

Com o objetivo de auxiliar micro e pequenas empresas, através da oferta de lotes urbanos, em área dotada de boa infraestrutura e localização, foi criado o Distrito Industrial ‘Cresce Feliz’. Ele é composto por 27 lotes, localizados nas ruas Tocantins, Amazonas e Acre, no bairro Matiel e trata-se de uma importante medida, que irá oportunizar a dezenas de empreendedores a possibilidade de conquistar a sua sede própria, seja para instalação, realocação ou expansão de suas empresas.

E ao encontro disso, a Administração Municipal, pela terceira vez, está abrindo licitação na modalidade de concorrência, ou seja, maior oferta, para compra dos lotes em questão.  De modo que na terça-feira, dia 18 de fevereiro, às 9h, na sede da Prefeitura Municipal de Feliz, a Comissão de Licitações estará reunida para receber os envelopes relativos a documentação e de propostas desta concorrência pública. ‘Serão ofertados 17 lotes. Na última licitação um total de 10 foram adquiridos, por três diferentes empresas’, destaca o secretário da Fazenda, Jônatas Weber.

A destinação dos lotes será exclusivamente para implantação ou ampliação de empreendimentos industriais, comerciais ou de prestação de serviços, que se compatibilizam com o Plano Diretor do Município e demais parâmetros urbanísticos relativos às áreas em questão. ‘O projeto é uma política pública para pequenas e médias empresas felizenses, que muitas vezes ficam desassistidas. O objetivo da venda é não criar obrigações diretas para essas empresas que tanto sofrem com as oscilações do mercado’, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Claudio Vieira. ‘Falando em impacto econômico, a medida serve para regular a questão imobiliária do município, no qual existem poucas ofertas de pavilhões ou áreas industriais, aumentando assim a oferta para os empresários. Desta forma, é uma oportunidade para aqueles que não conseguem comprar sua área no momento, diminuindo assim, o os valores de aluguel do espaço, sendo que sabemos que o aluguel costuma ser um custo grande para uma pequena empresa’, acrescenta.

 

Condições

 

A quantidade de lotes máxima a ser adquirida por pessoa jurídica ou física com atividade autônoma é de seis lotes. Vale ressaltar que o valor mínimo é de R$25 mil para lotes de e 300 m² e de meio de quadra, e de R$ 32 mil para lotes de 350m² em esquina, podendo ser adquiridos em até 24 vezes sem juros. O pagamento do valor à vista, ocorrerá em até cinco dias após a homologação do certame, sendo será concedido desconto de 10% sobre o valor da proposta.

Os interessados na aquisição dos imóveis objetos desta concorrência poderão agendar visita junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e ao local, a fim de reconhecer o estado físico, jurídico, de conservação, ocupação e titulação em que se encontra, ficando a cargo e as expensas do vencedor qualquer eventual regularização que o mesmo julgue necessária, não cabendo, em hipótese alguma, reclamações posteriores. A visita deve ser agendada previamente com o secretário do Desenvolvimento Econômico, através do telefone (51) 3637.4220 ou pelo e-mail cvieira@feliz.rs.gov.br

Notícias

Mais notícias