Rodar o site até o rodapé

Notícias - Geral / Publicado em 06/10/2021 às 13:39

Biblioteca Municipal participa do Projeto Experiência (Por)tátil- Literatura e Arte

Por ASCOM - Franciele Schuster

Biblioteca Municipal participa do Projeto Experiência (Por)tátil- Literatura e Arte
Biblioteca Municipal participa do Projeto Experiência (Por)tátil- Literatura e Arte

 

Neste mês de outubro, acontece nas Escolas Municipais Cônego Alberto Schwade e Alfredo Spier, para os alunos do 8º e 9º anos, a ação Experiência (Por) tátil- Literatura e Arte. Trata-se de atividades vinculadas aos projetos Experiências de leitura compartilhadas e Artistando, ceramicando e muito mais do IFRS, campus Feliz. Esta iniciativa é coordenada pelas professoras Izandra Alves e Viviane Diehl e pela Bibliotecária do Município, Leila Morás Silva e pela auxiliar de ensino, Elisangela Martiny. O objetivo é estreitar os laços entre os estudantes, a biblioteca e os livros das comunidades escolares, através do círculo mágico da leitura. Desta forma, a Biblioteca Pública Municipal Pedro Hahn, participou ativamente da construção e elaboração das atividades que estão sendo realizadas.

 

A ação será dividida em três encontros para cada escola. A primeira atividade ocorreu nesta quarta, 5, na Escola Cônego, com a participação da artesã Rosane Zimmermann, e as próximas datas serão nos dias 21 e 26 de outubro. Já para a Escola Alfredo Spier, os encontros estão programados para os dias 8, 15 e 22 de outubro. Entre as leituras centrais para os encontros, destacam-se obras da literatura clássica universal, como Odisséia e literatura estrangeira, como O conto da aia. Também terão vez as obras da literatura brasileira, de diferentes gêneros, como romances de Érico Verissimo, poemas de Cecília Meireles, Drummond e literatura infantil e juvenil, como Silvia Orthof e Marina Colassanti.

 

As leituras verbais, não verbais e lidas em outras plataformas, como as digitais, ganham ênfase nesta ação. Os estudantes são convidados a realizar visitas virtuais a museus de arte para apreciar instalações relacionadas ao tema e a conhecer depoimentos e trabalhos que relacionam a literatura e as artes manuais em uma importante teia que vai do texto ao têxtil e vice-versa.

 

 “Desta forma, pretendemos proporcionar o contato com diferentes linguagens e gêneros textuais, resgatando memórias afetivas através do bordado, do tecer e do tear. Identificar a arte do bordado e do tear como formas de expressão de sentimentos e de criação de linguagem poética é uma das portas que queremos abrir com este trabalho”, explica, Leila.

 

Os organizadores da ação avisam que haverá uma exposição resultante deste trabalho que será divulgada após o evento.

Notícias

Mais notícias